Pagina Principal Pagina Principal Cadastre-se é grátis! Como Funciona Ranking de Usuarios Pesquisa de Perfis Fale Conosco Curtir no Facebook! Adicione este site nos seus favoritos!
Pesquisar por:
Questões de Atualidades Comentadas Cesgranrio
Publicado em 29/12/2011
Visualizado 5682 vezes
Por: Natanael Moreira
Descrição do Material

Questões comentadas sobre atualidades da Fundação Cesgranrio:

01)    (BACEN – Fundação Cesgranrio / 2010)

 

UM ESTRANHO NO BLOCO?

O Senado brasileiro aprovou, por 35 votos a favor

contra 27, a entrada de novo membro latino-americano

no bloco regional MERCOSUL. Se o Paraguai liberar

o ingresso do novo membro – Argentina e Uruguai

já deram seu aval – o recém-chegado terá direito a

votos nas decisões do grupo e poderá vetar eventuais

acordos com outros países.

Revista Época, 21 dez. 2009, p. 124. (Adaptado)

 

O país latino-americano que recebeu o aval dos três membros do MERCOSUL é o(a)

(A) Chile.

(B) Equador.

(C) Venezuela.

 (D) Bolívia.

(E) Colômbia.

 

01) Gab:c

A presente questão aborda o desenvolvimento do processo de integração do MERCOSUL. No qual a Venezuela encontra-se em processo final para concluir a sua entrada no Bloco, esse processo de integração se iniciou em 2006 com a divulgação oficial da entrada da Venezuela como um país membro, só que esse é um processo longo que inclui adequação a novos padrões já existentes no bloco e também inclui a aprovação política dos demais países através de aprovação de seus respectivos poderes legislativos .

 

 

02)    (BNDES – Fundação Cesgranrio – 2009)

 

UM NOVO ESTADO?

“No Brasil dos anos 1950, 1960 e 1970 havia sinergia – como em qualquer outro país – entre o investimento público, comandado pelas estatais, e o privado. (...) O neoliberalismo à brasileira dos anos 1990 deixou escapar a oportunidade oferecida pelas privatizações para criar grupos nacionais – privados e públicos – dotados de poder financeiro, com capacidade de competição nos mercados mundiais, comprometidos com as metas de desenvolvimento do país e com a geração de moeda forte. Evaporou a sinergia virtuosa (...).”

BELUZZO, L.G. Le Monde Diplomatique Brasil, out. 2009.

 

No texto, o economista resgata, para o debate atual acerca do Estado brasileiro, uma característica da gestão política e econômica que marcou os governos de Getúlio Vargas e de Juscelino Kubitschek.

Com relação à condução do Estado no período dos governos citados, a principal característica era o

(A) imperialismo.

(B) desenvolvimentismo.

(C) protecionismo.

(D) universalismo.

(E) pós-neoliberalismo.

 

 

02) Gab:d

O mundo na atualidade é fruto de uma transformação estrutural vivida durante toda a década de 90, no qual prevaleceu a ideologia neoliberal. Com isso tivemos o advento da teoria do estado mínimo, que impôs uma redução do estado e lhe conferiu novas funções. No Brasil, vivíamos até a década de 80, um modelo de governo com alto grau de estatização da economia, onde o estado exercia o papel participativo de  mola propulsora da economia nacional. Esse modelo acabou se esgotando durante a década de 80, fruto de um endividamento externo astronômico e de uma crise econômica sem precedentes na história do Brasil. Esse modelo de estado foi criado nas décadas de 40 e 50 do século passado e ficou denominado como Modelo Desenvolvimentista.

 

 

03) (Fundação Cesgranrio 2008) Fidel Castro, como figura política latino-americana, chamou a atenção

da opinião pública internacional, no início de 2008, por ter tomado a decisão de

a) comandar a resistência dos guerrilheiros colombianos.

b) deixar o posto de chefe de Estado da República de Cuba.

c) pressionar o governo equatoriano a ceder espaço às FARC.

d) negociar com os governos da Venezuela e da Colômbia contra as FARC.

e) anistiar os dissidentes da Revolução Cubana residentes no exterior.

 

03) Gab:B

A Revolução Cubana foi um marco na história do continente americano e ainda hoje é um assunto bastante discutido na atualidade. Em 19 de fevereiro de 2008, Fidel Castro se afastou definitivamente do poder de Cuba após 49 anos, no seu lugar assumiu seu irmão, Raúl Castro, que vem conduzindo Cuba para um processo de abertura. Com isso, o atual governo de Cuba investiu em setores como turismo, agricultura, mineração, energia e combustível. Em junho de 2009, a OEA, em decisão histórica, decidiu reintegrar Cuba nas atividades da organização, fruto do afastamento de Fidel Castro e do processo de abertura em curso, Cuba, que estava suspensa desde 1962 volta a OEA.

 

04) (Fundação Cesgranrio - IBGE) Em discurso realizado no dia 05/05/06, o Presidente da República Federativa do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, sobre sua condução das negociações para pôr fim ao impasse com o Presidente boliviano Evo Morales, acerca das questões a respeito da nacionalização das instalações petrolíferas na Bolívia, declarou o seguinte:

“Tem gente que acha que ser duro resolve o problema, às vezes, acho que ser carinhoso resolve melhor.

A Bolívia é um país pobre, que quer tirar seu sustento do gás. Somos um país rico perto da Bolívia.”

Jornal O Globo, 06 maio 2006.

 

Nessa frase, é possível afirmar que o Presidente brasileiro, utilizando-se de figura de linguagem, citou um dos princípios que regem as relações internacionais da República Federativa do Brasil, que é o da “solução pacífica dos conflitos”. Dentre as opções abaixo, assinale aquela que prevê outro desses princípios.

(A) Promoção do bem de todos, sem preconceitos e sem quaisquer formas de discriminação.

(B) Garantia do direito de propriedade.

(C) Constituição de uma sociedade livre, justa e solidária.

(D) Erradicação da pobreza e da marginalização e redução das desigualdades sociais.

(E) Cooperação entre os povos para progresso da humanidade.

 

04) Gab: e

Nessa questão, trabalha-se a crise entre Brasil e Bolívia que ocorreu em 2006 na área energética. A crise ocorreu

devido à postura do governo de Evo Morales na nacionalização de poços de petróleo, gás natural e refinarias

pertencentes à Petrobras em território boliviano. Essa questão causou um grande mal estar diplomático entre

Brasil e Bolívia. Além da retomada das instalações antes adquiridas pela empresa brasileira, houve também

quebra de contrato em relação aos preços definidos de fornecimento de gás natural da Bolívia para o Brasil.

 

05) (Fundação Cesgranrio - BNDES - 2008)

O Grupo Hamas foi o grande vencedor nas últimas eleições legislativas palestinas. Tendo em vista o perfil político do Hamas e o resultado eleitoral, pode-se afirmar que esse grupo:

(A) representará a vitória da Resolução nº 242, da ONU, de trocar “terra por paz”.

(B) seguirá os fundamentos de Yasser Arafat, fundador desse partido político.

(C) atuará mais consistentemente contra a existência do Estado de Israel.

(D) influirá no reconhecimento internacional do Protocolo de Oslo, de 1993.

(E) tenderá a reproduzir, em geral, as estratégias políticas praticadas pelo aliado Fatah.

 

05) Gab: c

A questão do Oriente Médio envolve uma série de fatores geopolíticos que classificam aquela área como uma

região com alto grau de instabilidade política. Israel e Palestina fazem parte dessa complexa realidade e desde o

término da 2ª Guerra Mundial e posteriormente com a saída da Inglaterra da região da Palestina em 1948,

Israelenses e Palestinos lutam por território sem haver um avanço significativo. Desde 2006, o Hamas, grupo

terrorista da Faixa de Gaza, vem atuando como partido político e sua postura em relação a Israel é uma postura

radical ou rejeicionista, pois eles simplesmente não reconhecem a existência de Israel. Além disso, são constantes

os conflitos internos dentro da Palestina entre membros do Hamas e do Fatah, partido político palestino

radicalizado na Cisjordânia.

 

06) (Instituto Estadual do Ambiente - Fundação Cesgranrio 2008)

Segundo o 4o relatório do IPCC (sigla, em inglês, para Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas), não há mais incerteza sobre a origem antropogênica do aquecimento global. Foi proposto um grande plano onde estão listadas as ações que gerariam uma redução, até 2050, das emissões ao nível de 40% apenas do total emitido em 2000. NÃO está incluída, nestas ações, a de:

(A) aumentar a reciclagem em todos os níveis da cadeia produtiva e no consumo.

(B) aumentar a proporção de energias de origem fóssil em detrimento das energias renováveis (tais como, eólica e solar).

(C) reduzir e mesmo parar o desmatamento que hoje representa 18% das emissões globais.

(D) incrementar o reflorestamento de áreas desmatadas e tornar áreas apropriadas florestas de crescimento rápido.

(E) desenvolver projetos de carros-híbridos (gasolina-elétrico; gasolina-etanol, por exemplo) competitivos.

 

06) Gab: b

Um dos maiores problemas vividos pela humanidade são os efeitos já visíveis do aquecimento global, por isso a

substituição em larga escala da energia de origem fóssil (petróleo) é uma prioridade no mundo atual. Uma das

ações propostas pelo IPCC (sigla em inglês para Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas) de Paris

frente à origem humana (antropogênica) no aumento da temperatura comprovada nas ultimas décadas é

justamente a procura por fontes limpas de geração de energia. Ou seja, fontes que não trazem efeitos

colaterais para o meio ambiente como a energia solar, eólica, hidráulica entre outras.

 

07) (Fundação Cesgranrio - BNDES 2008)

“Amazônia: Finalmente, a lei que regulamenta o aluguel de florestas públicas vai permitir a exploração

sustentável da região”.  Revista Época, 27 mar. 06.

A nova lei brasileira que trata da Gestão de Florestas Públicas implica o seguinte aspecto prático:

(A) as empresas madeireiras estrangeiras terão acesso à compra de florestas primárias.

(B) as concessões serão condicionadas à inclusão de uma destinação comunitária.

(C) os órgãos de fiscalização serão ampliados, extinguindo-se o atual IBAMA.

(D) os territórios especialmente protegidos para as populações locais não estão previstos nessa lei.

(E) a Amazônia será a área privilegiada por conter a totalidade das florestas públicas do País.

 

07) Gab: e

O projeto de gestão de florestas públicas no Brasil consiste em concessões de exploração econômica baseada nos conceitos de desenvolvimento sustentável, ou seja, a idéia é buscar o equilíbrio entre proteção ambiental e desenvolvimento econômico, principalmente para a população local, com atividades que possam gerar renda sem

que haja impacto ambiental. Desenvolvimento sustentável e responsabilidade sócio-ambiental são temas primordiais na formulação de políticas públicas e na gestão privada. O principal objetivo do desenvolvimento sustentável é procurar satisfazer as necessidades presentes de produção e consumo, sem comprometer a capacidade das gerações futuras.

 

08) (Instituto Estadual do Ambiente / Fundação Cesgranrio / 2008)

Uma pesquisa inovadora promete consolidar a posição estratégica do Brasil como um grande produtor mundial de biocombustíveis. Pesquisadores da Petrobras e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) desenvolveram uma tecnologia para a obtenção de etanol a partir do bagaço da cana-de-açúcar, o que poderá aumentar em 40% a produção nacional desse biocombustível e incrementar a participação das fontes renováveis na matriz energética do país.

Disponível em: http://ciênciahoje.uol.com.br

A vantagem ecológica de melhorar a produção de álcool, a partir do produto vegetal que já é obtido, é :

(A) diminuir a mortandade de aves dos leitos fluviais adjacentes à refinaria.

(B) reduzir a emissão de CO2 pela combustão do álcool.

(C) aumentar a produção de álcool, sem haver necessidade de expandir a área cultivada.

(D) incrementar a eficiência do álcool como combustível, comparado à gasolina.

(E) facilitar o trabalho dos cortadores de cana-de-açúcar.

 

08) Gab : C

A produção em larga escala de Biocombustível surge como uma alternativa de substituição do combustível fóssil a

médio prazo, porém a produção de biocombustíveis tem vantagens e desvantagens. Eles podem causar sérios impactos ambientais assim como pode ser um elemento predominante no aumento da escalada de preços de alimentos no mundo. A questão trabalha a possibilidade de se aproveitar o bagaço da cana-de-açúcar como fonte produtora de energia. Esse é o conceito da Biomassa: utilizar elementos derivados de outros produtos num determinado processo de produção que não eram aproveitados para gerar energia.


Comentários
Gracenilda Sexta, 25/10/2013 20:39 escreveu:
Materail de qualidade e de grande ajuda para quem quer adquirir mais conhecimento!!!
ademilson T.de Aranda Quarta, 10/07/2013 23:48 escreveu:
pena que descobri vcs só agora...muito bom...
FELIPE ALVES DE LIMA SILVA Domingo, 27/01/2013 23:09 escreveu:
Muito Bom
Marcelo dos Santos Pinheiro Quarta, 28/11/2012 20:18 escreveu:
parabens pelo material, é otimo, e o acesso é livre.
patricio lourenço da silva Terça, 20/03/2012 20:08 escreveu:
parabéns pela iniciativa, que o universo de possibilades os rodeiem e encham de graça. muito obrigado!
Seu nome:
  Nota:
Comentário: 0/600

Recarregar imagem
Digite as letras acima e clique abaixo em enviar:


Confira também sobre Apostilas Concursos / Atualidades
Questões de Atualidades Comentadas Cesgranrio
Apostilas Concursos Atualidades
GRÁTIS
Testes de Atualidades
Apostilas Concursos Atualidades
GRÁTIS
CONHECIMENTOS GERAIS
Apostilas Concursos Atualidades
GRÁTIS
Atualidade Completa
Apostilas Concursos Atualidades
GRÁTIS
Resumos sobre atualidades
Apostilas Concursos Atualidades
GRÁTIS
Economia Informal
Apostilas Concursos Atualidades
GRÁTIS

Como funciona
Cursos Online
Livraria Digital
Materiais Grátis
Email:
Senha:
0 iten(s)
R$ 0,00

Desenvolvimento: qualitÉ! Tecnologia IAulas.com.br ® 2011. Todos os direitos reservados.  
PÁGINA PRINCIPAL | CADASTRO | COMO FUNCIONA | RANKING DE USUÁRIOS | CONTATO
Atualidades Questões de Atualidades Comentadas Cesgranrio no IAulas.com.br
O maior acervo de apostilas e cursos grátis! - a1@iaulas.com.br
hosted @ DigitalOcean