Pagina Principal Pagina Principal Cadastre-se é grátis! Como Funciona Ranking de Usuarios Pesquisa de Perfis Fale Conosco Curtir no Facebook! Adicione este site nos seus favoritos!
Pesquisar por:
Termos Integrantes da Oração
Publicado em 30/12/2011
Visualizado 806 vezes
Por: Natanael Moreira
Descrição do Material

Introdução

 

São termos que servem para complementar o sentido de certos verbos ou nomes, pois seu significado só se completa com a presença de tais termos.

 

Os termos integrantes da oração são:

 

Complemento verbal

objeto direto objeto indireto complemento nominal agente da passiva COMPLEMENTO VERBAL

 

OBJETO DIRETO

 

Termo não regido por preposição. Completa o sentido do verbo transitivo direto.

 

Exemplo: Eles esperavam o ônibus.

                            VTD        Obj. Dir.

 

Ela vendia doces .

        VTD   Obj. dir.

 

Um método bem prático para determinar o objeto direto é perguntar QUEM? ou O QUÊ? Depois do verbo.

 

Ela vendia O QUÊ? Doces

                             Obj. dir.

 

OBJETO DIRETO PREPOSICIONADO

 

Mesmo não sendo regido de preposição, há casos em que o objeto direto necessita de uma preposição:

quando é formado por pronomes oblíquos tônicos:

 

Exemplo: Assim, prejudicas a ti .

                                        Obj. dir. prep.

 

quando é formado por substantivos próprios ou referente a pessoas:

 

Exemplo: Amai a Deus sobre todas as coisas.

               Obj. dir. prep.

 

quando é formado por pronomes demonstrativos, indefinidos e de tratamento:

 

Exemplo: A foto sensibilizou a todos .

                                          Obj. dir. prep .

 

quando é formado pelo pronome relativo QUEM.

 

Exemplo: Queremos conhecer o professor a quem admiras tanto .

                                                               Obj. dir. prep.

 

quando o objeto direto é a palavra ambos:


Exemplo: A chuva molhou a ambos .

                         Obj. dir.prep .

 

para evitar a ambigüidade:

 

Exemplo: convenceu ao pai o filho mais velho .

                             Obj. dir.prep.

 

quando se quer indicar idéia de parte, porção:

 

Exemplo: beberemos deste vinho .

                                  Obj. dir. prep.

OBJETO DIRETO PLEONÁSTICO

 

Quando se quer dar ênfase a idéia o objeto direto aparece repetido na oração.

 

Exemplo: Este livro, eu o comprei ontem .

                   Obj. dir.      Obj.dir. pleon.

 

OBJETO INDIRETO

 

Completa o sentido do verbo transitivo indireto e é regido por preposição.

 

Exemplo: Aline gosta de frutas .

                                   Obj. ind.

 

Não confio em políticos .

                    Obj. ind.

 

Para reconhecer o objeto indireto, basta perguntar QUEM ou QUE depois do verbo + preposição.

 

Exemplo: Aline gosta de frutas.

Aline gosta de quê? De frutas .

 

OBJETO INDIRETO PLEONÁSTICO

 

É quando o objeto indireto aparece duplamente na oração para se dar ênfase a idéia.

 

Exemplo: A mim ensinaram-me muito bem .

              Obj. ind.                Obj. ind. Pleon .

 

COMPLEMENTO NOMINAL

 

É o termo que completa o sentido de substantivos, adjetivos e advérbios, ligando-se a esses nomes por meio de preposição.

 

Exemplo: Tenho a certeza de sua culpa .

                                         Compl. Nominal.

 

A árvore está cheia de frutos .

                            Compl. Nominal .

 

Nós chegamos perto dos gorilas.

                               Compl. Nominal

 

Para determinar o complemento nominal basta seguir o seguinte esquema:

 

Nome + preposição + QUEM ou QUE?

 

Ele é perito em computação .

                Complemento nominal

 

DIFERENÇA ENTRE COMPLEMENTO NOMINAL E OBJETO INDIRETO

 

Enquanto o complemento nominal completa o sentido dos nomes – substantivo, adjetivo e advérbio – o objeto indireto completa o sentido de um verbo transitivo indireto.

 

Exemplo: Lembrei-me de minha terra natal.

                                        Objeto indireto

 

Ela manteve seu gosto pelo luxo.

                              Complemento nominal

 

AGENTE DA PASSIVA

 

Ocorre em orações cujo verbo se apresenta na voz passiva a fim de indicar o elemento que executa a ação verbal.

 

Exemplo: As terras foram invadidas pelos sem-terra.

                                                       Agente da passiva

 

A cidade estava cercada de belezas naturais.

                                        Agente da passiva

 

Observação:

 

O agente da passiva, o objeto indireto e o complemento nominal são regidos por preposição, muitas vezes há dúvidas na diferenciação dos três. Quando isso acontecer, basta observar o sujeito da oração. Para ser agente da passiva o sujeito precisa ser paciente.

 

Exemplo: A jangada havia sido levada pelas tsunamis.

                                                           Agente da passiva

 

Sentia-se livre de qualquer responsabilidade.

                             Complemento nominal

 

Vamos precisar de sua compreensão.

                              Objeto indireto

 

CONCLUSÃO

 

Nesse tutorial vimos que os termos integrantes da oração são os complementos verbais – objeto direto e objeto indireto; complemento nominal e agente da passiva.

 

Os complementos verbais servem para completar o sentido de certos verbos, sendo que o objeto direto completa o sentido de um verbo transitivo direto, sem a necessidade de preposição. Já o objeto indireto completa o sentido de um verbo transitivo indireto e regido por preposição, obrigatoriamente.

 

O complemento nominal completa o sentido dos nomes – substantivo, adjetivo e advérbio – e assim como o objeto indireto também é regido por preposição. A diferença entre ambos é que o complemento nominal completa o sentido dos nomes e o objeto indireto o sentido de verbos transitivos indiretos.

 

O agente da passiva ocorre em orações cujo verbo se apresenta na voz passiva a fim de indicar o elemento que executa a ação verbal. Geralmente o agente da passiva vem regido das preposições de e por.


Comentários
David Terça, 10/07/2012 22:55 escreveu:
apostila muito boa
Djenal Pereira Moura Sábado, 12/05/2012 16:13 escreveu:
Very Good!
Seu nome:
  Nota:
Comentário: 0/600

Recarregar imagem
Digite as letras acima e clique abaixo em enviar:


Confira também sobre Apostilas Gerais / Português
GUIA PRÁTICO DA NOVA ORTOGRAFIA
Apostilas Gerais Português
GRÁTIS
Regencia Nominal e Verbal sem segredo
Apostilas Gerais Português
GRÁTIS
Nova regra de acentuação
Apostilas Gerais Português
GRÁTIS
Apostila Português
Apostilas Gerais Português
GRÁTIS
Guia reforma ortográfica
Apostilas Gerais Português
GRÁTIS
Curso de Português 2
Apostilas Gerais Português
GRÁTIS

Como funciona
Cursos Online
Livraria Digital
Materiais Grátis
Email:
Senha:
0 iten(s)
R$ 0,00

Desenvolvimento: qualitÉ! Tecnologia IAulas.com.br ® 2011. Todos os direitos reservados.  
PÁGINA PRINCIPAL | CADASTRO | COMO FUNCIONA | RANKING DE USUÁRIOS | CONTATO
Português Termos Integrantes da Oração no IAulas.com.br
O maior acervo de apostilas e cursos grátis! - contato@iaulas.com.br